3.4.18

gratitude #3 | normal can be good

Março, 2018

O mês de março foi bem legal apesar de ter sido o mês mais tranquilo até agora no quesito “grandes acontecimentos”. haha  Neste mês mais uma vez fui grato pela vida e sua simplicidade, porque foi tudo tão “normal” e agradável ao mesmo tempo que não consigo nem explicar.


No início do mês a Editora Intrínseca juntamente com a Fox Filmes fez pré-estreias de Love, Simon em algumas cidades para promover/divulgar o filme e realizou um sorteio para escolher alguns leitores para assistir e euzinho fui uns dos sorteados. Yaaay! Fiquei bem felizinho, porque nunca ganho nada em sorteios.  A pré-estreia aqui de São Paulo aconteceu no dia 07/03 e foi bem legal. Simon vs. A Agenda Homo Sapiens foi uma das minhas melhores leituras de 2017 e entrou para a minha lista de preferidos, por isso a ansiedade para ver o filme foi algo inevitável. Gostei bastante da adaptação e mesmo com algumas coisas diferentes, tudo funcionou direitinho. E apesar de não ser totalmente fiel ao livro, Love, Simon é sem dúvida alguma, um filme muito necessário por toda a representatividade que traz.

Ainda falando sobre representatividade, sou grato pelo livro Fantasma, que li nesse mês e foi o primeiro livro com uma criança negra como protagonista que tive contato. Achei isso importantíssimo. Fiquei ainda mais grato quando descobri que é uma série e que vários personagens (outras crianças negras com realidades diferentes) que aparecem no primeiro livro terão o seu ponto de vista. ❤

Sou extremamente grato pela minha evolução pessoal que está mesmo acontecendo. Ainda não posso dizer que sou uma pessoa totalmente evoluída e estou longe de ser tão “pleno” como as pessoas pensam que sou, mas posso sentir uma mudança diária em mim e a cada passo me sinto muito feliz por não me afetar mais por coisas pequenas.

Como eu disse no início, esse mês foi bem calminho e por isso não fiz muitas coisas além de estudar e ler, então é isso o que temos para hoje e para mim está ótimo.

"Todos nós queremos que tudo fique bem. Nem mesmo desejamos que as coisas sejam fantásticas, maravilhosas ou extraordinárias. Satisfeitos, aceitamos o bem, porque, na maior parte do tempo, bem é o suficiente." — Todo Dia (David Levithan)
Um abraço apertado, um sorriso sincero e até a próxima!

Leiam os posts das meninas também!
BRUNA ● GRAZI

2 comentários em "gratitude #3 | normal can be good "

  1. Que post mais lindo!!! Por favor não suma mais hein <3

    ResponderExcluir
  2. Todo mundo evoluído emocionalmente haha
    Achei minha tour, eu u.u
    Fico feliz por você, Guttho e espero que essa minha introspecção traga toda essa gratidão pelo "comum" e pela "normalidade" que você tem sentido. Na verdade esses dias tenho até estado assim e é tão bom, né? GOXTO
    beijoss
    N E O D E S V A R I O

    ResponderExcluir