18.11.15

Qual o endereço do seu sonho?

Dê play aqui e leia.

Falar de sonhos é uma tarefa um tanto quanto complicada, uma vez que todos nós temos inúmeros deles guardados. Alguns simples, outros nem tanto e aqueles que até parecem impossíveis, mas sempre existe um especial, aquele para o qual vivemos e lutamos dia após dia para realizar. E falando nisso... Você sabe qual é o endereço do seu sonho?

As pessoas sempre dizem que nós temos que correr atrás dos nossos sonhos, mas o que exatamente é “correr atrás”? Como eu faço pra chegar lá? Qual ônibus eu devo pegar? Tenho que pegar trem e metrô? De carro é mais rápido? Se eu for de bicicleta vai demorar muito? Dá pra ir andando? E é aí que está... Todo mundo diz para correr atrás, mas ninguém diz como. Nós é que temos que descobrir as respostas para todas as perguntas que vão surgindo ao longo do caminho.

Eu acredito que todos nós sabemos o endereço do nosso maior sonho, mas a parte difícil é que não dá pra pesquisar a rota dele no Google Maps. Nós temos que sair andando no escuro, entrando em portas erradas, errando o caminho e tendo que voltar, pegando algumas caronas na estrada, abrindo mão de algumas coisas, perdendo coisas contra a vontade, conhecendo novas pessoas, perdendo pessoas, recebendo algumas ajudas aqui e ali, superando alguns obstáculos que vão aparecendo e principalmente, nos mantendo forte. Se manter forte é importantíssimo, porque nem sempre vai ser tudo perfeito, em alguns momentos vão ter rosas, mas uma vez outra você vai ter que passar pelo corredor de espinhos e esses são os mais longos e é quando você consegue passar por eles que mostra que é merecedor daquilo que busca. Muitas vezes é preciso se desviar um pouco do caminho e está tudo bem em dar uma pausa, o importante é sempre ter forças para voltar de cabeça erguida.

Às vezes a vontade de desistir é bem grande, porque por mais que o sonho seja seu e você se esforce ao máximo por ele, nem tudo depende só de nós. Em algum momento você vai ter que soltar a mão de alguém, porque existem corredores que só cabem você e ninguém pode te acompanhar, afinal, cada um de nós tem o seu próprio caminho a percorrer. Alguns vão entender, outros não. Acontece, né? Aliás, o que não vai faltar é gente para tentar te atrapalhar. Apenas não olhe pro lado e finja que não está vendo nem ouvindo e continue andando. 

Só tenha em mente que por mais impossível que pareça o seu sonho, jamais desista dele. O caminho parece infinito, eu sei, mas quando você chegar ao fim e encontrar a porta certa vai ver que tudo valeu à pena. E acredite em mim, de sonhos “impossíveis” eu entendo muito bem, mas ao longo de todos os caminhos que eu tive que percorrer, percebi que nada é impossível desde que você acredite que pode chegar lá.

Alguns sonhos duram dias, semanas, meses, anos, décadas e por aí vai... Eu não sei sobre você, mas eu quero que o meu dure a vida inteira, sendo realizado várias vezes.

***

Esse texto faz parte do desafio do grupo Mais que Palavras, onde somos desafiados a escrever sobre um determinado tema a cada mês, para estimular nossa escrita e criatividade. O tema desse mês foi: caminhos.

11 comentários em "Qual o endereço do seu sonho?"

  1. Que texto! É muito assim mesmo. Eu sou bem do tipo que sigo meu caminho, mas tento ao máximo ser independente e não precisar de ninguém. Sei lá, fazer tudo sozinho, sabe? Eu não gosto muito de incomodar pessoas, e eu sei que elas têm os seus objetivos pra conquistar também. Não gosto de atrapalhar com minhas coisas. Tem um lado bom de ser independente, mas tem um lado ruim, porque no final todo mundo precisa de ajuda. Ótimo texto, cara!

    www.desfilei.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo perfeitamente, Erick! É muito bom não depender de ninguém, mas como você mesmo disse, em algum momento todo mundo precisa de ajuda e essa é a parte ruim. :/
      Fico feliz que tenha gostado! *o*

      Excluir
  2. A cada dia você está escrevendo melhor e melhor, gostei demais do texto, afinal, sonhos é o que não falta na minha life, mas quero reclamar que eu preciso de mais post's!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigaaaaado! Na nossa, né. haha <3
      Você reclama todo dia, né? u_u' KK Vou mudar isso, prometo! <3

      Excluir
  3. Oiii, Guttho <3
    Sempre me emocionando, né, moço? huahsuahsusaush
    Eu li o seu outro post tbm sobre o desabafo e esse texto junto com aquele me fizeram tão bem, sabe?
    Você abordou vários pontos que eu pude me identificar e quando a gente compartilha essas coisas e vê que não estamos sozinhos, dá um alívio e até mesmo forças pra não nos entregarmos.

    Aquele vídeo do cachorro é tão verdadeiro, né? Estava falando sobre ele com uma amiga que tbm passa pelo mesmo. Só quero agradecer por vc postar essas coisas aqui e pelo carinho e incentivos que vc sempre me dá pelo blog/instagram ♥!

    Te considero pakas, rapaz! Força pra gente. Beijos =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem sei como expressar minha felicidade por te ver aqui! *o* <3
      Fico muito feliz em saber que te ajudei de alguma forma, pois assim sinto que estou retribuindo por todas as vezes que entrei no seu blog e me identifiquei com algo e me senti bem melhor depois. <3 E na verdade, eu é que devo agradecer. <3 Eu não faço nada que você não mereça.
      Saiba que te considero na mesma intensidade! Força sempre! <3

      Excluir
  4. "Como eu faço pra chegar lá? Qual ônibus eu devo pegar? Tenho que pegar trem e metrô? De carro é mais rápido? Se eu for de bicicleta vai demorar muito? Dá pra ir andando? E é aí que está." Adorei teu texto moço, ficou incrível ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muuuito obrigado, Kelly! Fico muito feliz que tenha gostado. <3

      Excluir
  5. Queria dizer que a cada dia me apaixono mais pelos seus textos. Acredito eu que se não fosse tão difícil correr atrás dos sonhos, eles perderiam a graça da realização.
    Beijos, www.adocandoasfalas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que incrível ler isso, sério! <3
      Concordo com você, mas às vezes a vida poderia pegar mais leve com a gente, né? haha

      Excluir
  6. Amei seu texto! Lindas palavras. Muitas vezes parece que estamos perdidos sem saber para onde ir, como ir, por que ir... Os caminhos serão leves? Serão árduos? Só vivendo para saber... De preferência intensamente. Bjsss www.janelasingular.com.br

    ResponderExcluir