Filmes e peças de teatro que marcaram minha infância!

Vão me chamar de louco, mas amo essa foto do Kevin. *o* 


Olá! Quem é vivo sempre aparece, não é mesmo?! Fiquei sumido por bastante tempo, eu sei, mas vamos deixar esse assunto para o próximo post, onde vou explicar tudo direitinho. Não vai demorar, prometo!

Eu não tinha preparado nada para hoje, mas como fiquei com dor no coração (dramático, será?) por deixar essa data linda passar em branco, resolvi fazer alguma coisa, e como infância é algo nostálgico, vim mostrar para vocês, os filmes e as peças de teatro que marcaram minha. Vamos lá? 


ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS (1951)




Gente, tem como não gostar da Alice? Esse era um daqueles filmes que eu sempre queria ver várias vezes. Sabia as falas e as músicas de cor. Acho que sempre me identifiquei com a Alice, porque sempre vivi sonhando acordado e no mundo da lua. Então, aquele mundo mágico e todo nonsense me deixava encantado. Os anos se passaram e nada disso mudou.... haha Muito menos o meu amor pela Alice. ❤





101 DÁLMATAS (1961)



Cara, lembrar desse filme foi uma mistura de emoções, um pouco de nostalgia e tristeza. Nostalgia porque sempre assistia esse filme com o meu primo e nós tínhamos um tipo de pacto, que era nunca assistir esse filme sem o outro e nosso sonho era ter um dálmata. Era incrível... E a tristeza, porque infelizmente o meu primo não está mais entre nós. </3



ESQUECERAM DE MIM (1 & 2)



Esses dois filmes, sem dúvidas, são daqueles que não ficam velhos nunca! Sempre que você assistir vai ser legal. Lembro de assistir com os meus pais e dar boas gargalhadas, mas eles nunca aguentavam assistir mais de uma vez e eu tinha que ver sozinho, achava isso um absurdo. haha Depois que vi o primeiro filme, desejei com todas as minhas forças ser esquecido em casa, mas isso nunca aconteceu, graças a Deus! Eu morria de medo daquela moça dos pombos do segundo filme, mas depois que cresci, só tenho um sentimento por ela: amor, muito amor. ❤ E gente, o que é aquela última cena dela com o Kevin? *lágrimas* As peripécias de Kevin são uma ótima pedida para sair da bad. Fica a dica! (;



OPERAÇÃO CUPIDO



Como não amar essas gêmeas? Como não amar essa história? Não tenho muito o que falar desse filme, só que ele me traz muitas lembranças boas. Eu amava quando ele passava em dias frios. ❤ (sim, tenho dessas coisas...) Adorava Lindsay Lohan, mas achava que ela tinha uma irmã gêmea e fiquei boladíssimo quando descobri a verdade. haha 



MATILDA ❤



Meu Deus! O que falar de Matilda? Esse é, sem dúvida alguma, o meu filme preferido da vida! Posso assistir umas 600 vezes no dia (seria possível?) que não enjoo, sério. Também sempre me identifiquei com a Matilda, porque gosto de ler desde pequeno, mas meus amiguinhos não gostavam e isso era péssimo. :/ Mas, é muito mais que isso... Matilda tem uma magia que não consigo explicar, só posso dizer que o amor está aqui e permanecerá a vida inteira. E mais: o filme foi lançado no ano que eu nasci e isso é tipo, importantíssimo para mim. ❤


****


A BRUXINHA QUE ERA BOA



Essa peça é puro amor. ❤ A primeira vez que a vi, foi no meu colégio que se chamava Maria Clara Machado, que por acaso é a autora. Legal, né? Para mim, sim, pois amo essas referências. *o* E depois de algum tempo vi outra montagem e só me apaixonei mais. A história da Bruxinha Ângela é uma história linda, com uma mensagem linda. Muito amor envolvido, apenas.

(Essas fotos são da primeira montagem, que aconteceu em 1958, dirigida pela própria Maria Clara Machado. ❤)



OS SALTIMBANCOS



E por último, mas não menos importante... Na verdade, guardei o melhor para o final! Cara, NUNCA vou ter palavras para descrever o que essa peça significa para mim, e isso não é exagero. Como eu disse aqui, essa foi a primeira peça que eu vi na vida e além de me deixar encantado pelo teatro, ela despertou coisas em mim que eu nem sabia que era capaz de sentir. E o mais bizarro é que faz tanto tempo e eu ainda tenho isso muito claro na minha memória. Essa obra é maravilhosa em todos os sentidos e ela ainda desperta em mim as mesmas emoções de antes. Eu queria muito poder dizer um "Muito Obrigado!" para aqueles atores por aquele trabalho incrível (sim, para os atores, porque a obra está aí, mas nem todo mundo faz jus à ela), que me fez amar o teatro e toda a magia que o envolve. ❤ É sério, todos os envolvidos naquela montagem mudaram minha vida e nem sabem. </3

Todos juntos somos fortes, somos flecha e somos arco. Todos nós no mesmo barco, não há nada pra temer. Ao meu lado há um amigo que é preciso proteger. Todos juntos somos fortes, não há nada pra temer e no mundo dizem que são tantos Saltimbancos como somos nós. ❤

É isso, pessoal! Vou ficando por aqui! Vocês viram as obras citadas aqui? Me contem! ❤

4 comentários em "Filmes e peças de teatro que marcaram minha infância!"

  1. Olá, Guttho! Adorei a sua listinha :D

    Também assisti todos esses filmes quando criança, quanta nostalgia! Eu gostava de todos, mas Matilda em especial marcou bastante minha infância. <3

    Bacana você gostar de peças de teatro. Aqui na minha cidade, até tempos atrás, não tínhamos teatro, então nunca tive a oportunidade de assistir uma peça infantil. :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Matilda é puro amor, né? *o*
      Poxa, que triste! ): Mas ainda está em tempo! Se tiver oportunidade veja, não tem problema se não é mais criança, eu adoro. haha ❤
      Fico feliz que tenha gostado do post! *-*

      Excluir
  2. Assisti todos esses filmes e todos me fazem ter boas memórias, bons tempos. :D mas nunca vi uma peça de verdade. D:
    Acho muito legal essa história sua com o teatro, conta mais! <3
    que bom que voltou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses filmes são demais mesmo! *o* Poxa, muita gente me fala isso e eu sempre falo a mesma coisa: quando puder, veja, pois não irá se arrepender. *-*
      Ahhhhhhh! *o* Eu conto sim, qualquer dia faço um post falando sobre isso. ❤

      Excluir